Quer borboletas no jardim? Plante hospedeiras. Green Day

Borboleta Monarca enfeitando o jardim da minha vida.

No acasalamento, a Borboleta macho fecunda a Borboleta fêmea, o esperma masculino é transferido para dentro do abdome da fêmea. A fêmea fecundada procura a planta hospedeira para botar os seus ovos.
Produziu muitas lagartas.

A Borboleta fêmea deposita os ovos na planta que servirá de alimento para a lagarta. Cada espécie de Borboleta tem plantas específicas para a alimentação das lagartas, essas plantas são conhecidas como Planta Hospedeira. No caso das Borboletas Monarcas, a Planta Hospedeira é a Serralha.

Após algum tempo, os ovos eclodem e deles saem as lagartas. As lagartas então começam a comer a planta em que estão hospedadas. As lagartas comem muito, pois precisam acumular energia, a próxima fase é a pupa.

Quando vi esse casulo (pupa), quase chorei de emoção. Risos

Depois de alguns dias a lagarta vai parar de comer e se transformar em pupa, as pupas se formam a partir do endurecimento do corpo da lagarta. É nesse momento que a lagarta vai usar a energia acumulada para se transformar em Borboleta. Em alguns dias, as Borboletas nascem rompendo a camada da pupa. A Borboleta adulta viverá algumas semanas, tempo suficiente para se reproduzirem e garantirem o recomeço de todo o ciclo novamente.
O texto é daqui.


Uma coisa que percebo aqui na NZ, é que não tem muitas borboletas. Não tenho nenhuma informação oficial sobre isso, estou colocando aquilo que percebo. Elas existem sim, mas não em grande quantidade e diferentes tipos como no Brasil. 

Um dia, eu vi uma planta que aqui se chama Swan plant, e no Brasil Flor-borboleta, cujo nome científico é Asclepias_physocarpa. Ela é hospedeira de borboletasTrouxe umas sementinhas pra casa e esperei passar o Inverno para plantar. Ela cresceu, ficou linda e trouxe muitas borboletas para o meu jardim. Só não chegou a florescer, pois as borboletas vieram namorar nela e foram deixando vários ovinhos que viraram lagartinhas e depois lagartões. Esse ciclo, eu observei sentada no Deck e pensando na vida. Nunca imaginei na minha vida, parar pra observar  movimento de lagartas. Risos.

Elas comeram todas as folhas da planta hospedeira com uma velocidade incrível. Eram muitas.
Certo dia, logo de manhã, eu percebi que elas não estavam mais lá. Como não havia mais folhas, eu fiquei sem entender o motivo da fuga. Pensei até que meu plano tivesse falhado. Mas, pra minha surpresa e alegria, uma delas escolheu um cesto que eu havia replantando um tipo de suculenta no dia anterior, e só deixei na grama pra arrumar um lugar para pendurá-lo no dia seguinte. Quando vi a lagarta pendurada na corrente, a deixei lá, mas pensei que ela fosse descer e ir embora. Pra minha surpresa e alegria ainda maior, hoje de manhã, eu vi uma coisa diferente por lá. Era um casulo todo verdinho e lindo.
Não sei pra onde foram as outras, mas essa escolheu um cesto velho, feio e que eu peguei no lixo de doação na estrada há alguns meses atrás.

Percebam a seta onde ela se hospedou. Risos
E, vocês sabem o nome dessa plantinha?

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer. Mahatma Gandhi.

Essa imagem é do calendário, presente da amiga Chica. Ele está aqui, acima da minha mesa, no meu quadro de avisos. A frase e a imagem contribuíram para o assunto.

Outra frase que gosto muito. "O segredo é não correr atrás das borboletas. É cuidar do jardim para que elas venham até você". Essa frase foi atribuída a diferentes autores. Como não tenho certeza qual é o verdadeiro, prefiro não colocar nomes. 

Muito feliz por saber que eu dei uma pequena contribuição para a reprodução de borboletas, eu levo esse post para o mural do Green Day.

37 comentários:

  1. Olá Lucinha,que "post" lindo! E que maravilha ver o resultado dessa investigação que nos proporciona momentos incríveis de beleza!Esse casulo tem uma cor e forma fora do comum (só conheço os casulos do bicho-da-seda que criava em criança)! E sim, a perseverança nos leva a grandes feitos e alegrias. Bom fim-semana e um grande beijinho. Ailime

    ResponderExcluir
  2. BOM DIA MINHA LINDA !!!!!
    SEI QUE VC ARRASA NOS POSTS ,MAS ESSE ACHEI SENSACIONAL !!!!!!
    DEMONSTRASTES TEU LADO EMOCIONAL NA GRANDEZA DE UM CASULO ...SEM PALAVRAS PARA ENGRANDECER TEU POST QUE ME EMOCIONOU MUITO ,COMO TUDO QUE LI...
    BJS MINHA DOCE MENINA !!!!!

    ResponderExcluir
  3. Pois eu não gosto de borboletas por cá, as lagartas comem as couves todas :)
    Felizmente as suas borboletas só comem essa planta, já viu se comem a sua horta? Eu aprendi que os sapos são feios mas úteis e as borboletas são lindas mas prejudiciais, daí que não goste nada de as ver no meu quintal...

    O seu post ficou lindo e bastante esclarecedor, beijinho

    ResponderExcluir
  4. Good morning Lucinha, You have taken a beautiful photo of the Monarch Butterfly. It is a fascinating life cycle, but who would have thought that the caterpillar would hang from the chain of a hanging basket. I wonder if it was because the cocoon was surrounded by air. Lovely post to read.
    Enjoy your day.
    Best Wishes
    Daphne

    ResponderExcluir
  5. Pequena contribuição??? Está brincando!!! Ficou show, incrível!!! Uma verdadeira epopeia! Quando vi vc sendo a nº 1 no mosaico, senti que havia muita ansiedade! Me emocionei pra caramba quando vi o casulo verde, cintilante, perolado! Quando criança eu vivia procurando por eles, os guardava na minha cômoda e ficava observando o nascimento da borboleta. Ninguém me ensinava nada eu ia armazenando esse conhecimento sozinha. Sua paciência, Lucinha, foi sem fim, observar, coletar, fotografar e por último narrar assim com tanta propriedade. Parabéns. Assim foi com você, amiga, passando por tantas fases e hoje, completa e linda borboleta a voar tranquilamente pelos prados de N.Z. Amei as suas explicações sobre as plantas hospedeiras. Eu, de fato, ignorava tudo isso! Gostaria de conhecer a swan plant que aqui se chama flor-borboleta. Bem, eu parei de correr atrás das borboletas. Rsrs! Por aqui, quase não existem borboletas, não as vejo mais, como quando criança! Também com as cigarras. Elas sumiram! Sinto falta disso tudo! Grande abraço e fica com Deus! Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Lucinha! Que doçura essa sua postagem, aprendi muitas coisas interessantes sobre a borboleta! Imagino o quanto deve ter sido emocionante acompanhar seu desenvolvimento assim, de perto. Moro num pequeno apartamento, então acho que não terei como fazer o mesmo, mas se um dia tiver a oportunidade farei, com certeza.
    Observar o casulo me fez pensar em quantas vezes precisamos romper nossos casulos e renascer durante a vida.
    Um abraço, feliz Green day!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo amiga, ela gostou de você por isso lhe deu esse lindo presente :)
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. um aprendizado que levo.

    gracias.

    beijo

    ResponderExcluir
  9. Não gosto de borboletas. As lagartas tão bonitinhas se transformam nessas criaturas que me metem medo. Sou normal?

    ResponderExcluir
  10. Oi Lucinha bom dia! Amei o post, sabe muita gente ama as borboletas mais odeia as lagartas, acho um inconveniente um tanto que burro da parte destas pessoas, onde já se viu amar uma borboleta e odiar a sua verdadeira essência!

    A cada dia que passa vejo menas borboletas, e toda vez que vejo uma a voar por aq a fora tento imaginar o quão sortuda foi pois passou por momentos onde muitas pessoas só querem vê-las mortas!

    Chegar a fase borboleta é vitória :)

    ResponderExcluir
  11. Lucinha, depois do desapego ao qual me dispus a trabalhar em mim, agora chegou a hora de aprender a ser mais contemplativa. Admiro bastante essa sua qualidade e vejo que você a tem também por causa do seu gosto pelo cultivo. Pensar na vida é algo que todos nós deveríamos fazer em contato com a natureza.
    Muito legal o Green Day, assim como o Ecological Day e a Teia Ambiental! A aproximação com a natureza, fazem as pessoas mais humanas!
    Bom fim de semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
  12. Lucinha querida,

    Que texto lindo!Também amo borboletas e aqui na serra não vejo muitas...em minha casa mineira havia de todas as cores e formas.
    Você escreve de uma forma tão bonita e natural que parece estar conversando com a gente...e isto é um dom.
    Lá no Tudo a Ver há um convite para você, menina que adora ler.
    Ah e as Memórias estão sentindo falta de seus comentários, rsrsrsrs.
    Bjsssss.
    leninha

    ResponderExcluir
  13. Thank you so much for dropping in. I love the butterfly pictures we ave the same type here in Ireland. Have a lovely fun filled weekend.

    ResponderExcluir
  14. Lucinha! Great post of butterflies. You know a ton about the subject. And ...great green day post, too.

    ResponderExcluir
  15. Que maravilha,Lucinha!Interessante e muito lindo!Adorei! beijos,chica

    ResponderExcluir
  16. NZ tem poucas borboletas?? entao a NZ nao é tão perfeita rsrsrs brincadeira, esse lugar é o paraiso....penso nisso todos os dias olhando meu calendario rsrsr la em Cravinhos tem bastante borboleta e penso que janeiro é o mes que tem mais! sempre aparecem casulos e lagartas por la....nao deixo matar as lagartas, pois como ja dizia o pai do pequeno principe: se quiser ver as borboletas tem que supotar as lagartas! bjo bjo

    ResponderExcluir
  17. Lovely post on the butterflies. I love to attract any kind of wildlife to my yard and gardens. Beautiful butterfly photo. Thanks for sharing, have a great weekend!

    ResponderExcluir
  18. Amei o post! Muito lindo, como as borboletas! Beij♥ e ótimo final de semana pra vc!!!

    ResponderExcluir
  19. Aqui no lugar que moro, não tem borboletas.
    Aliás, nem na casa de minha mãe que tem jardim, vejo borboletas, muito raramente.
    Mas essa, que não sabia o nome, é a que mais vejo em fotos.

    ResponderExcluir
  20. Oi Lucinha,
    Eu tenho uma planta hospedeira no cantinho do meu quintal. Aqui conhecemos como Pimenta de Macaco, não sei o nome científico.As borboletas Monarca sempre colocam ovos lá, e as lagartas comem quase todas suas folhas...Adoro observar o crescimento das lagartas,é muito rápido,mas também pela quantidade de folhas que elas comem rsrsrs
    Tem dia que a planta está cheia de lagartas e no outro dia elas somem...já achei vários casulos,mas queria muito ver uma borboleta nascendo deve ser emocionante!
    Parabéns pelo seu post amiga,muito lindo!
    Tenha uma ótima noite!
    bjus!

    ResponderExcluir
  21. Good Morning Lucihna

    What a great post about the butterfly and the photos are amazing too.

    Thank you so much for linking up with Green Day.

    Have a good weekend my friend

    Fiona x

    ResponderExcluir
  22. Una preciosa secuencia de fotos sobre las etapas vitales de las borboletas. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  23. Minha querida Lucinha,

    Tua postagem sobre leitura pode ser da maneira que melhor achares, tá?
    Bjssss e um lindo fim de semana,
    Leninha

    ResponderExcluir
  24. Vim à net para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog, encontrei o seu blog, e estive a ver algumas postagens e achei o seu blog muito bom, tenho de lhe dar os parabéns, pois é um blog que dá sempre vontade de vir aqui mais vezes.
    O meu blog é o Peregrino E Servo, se tiver tempo ou se desejar pode fazer-lhe uma visita e se gostar faça o sentir no seu coração, saiba porém que nunca deixei alguém ficar mal.
    Desejo paz e saúde para si e para o seu lar.
    Sou António Batalha.


    ResponderExcluir
  25. Oh thank you Lucinha. It was fun to visit with you today.

    ResponderExcluir
  26. Last summer, I had butterflies in the garden like the one in your first photo. They're all gone for the winter now!
    -Karen

    ResponderExcluir
  27. Essa postagem me fez lembrar... Disse a flor para o pequeno príncipe: é preciso que eu suporte duas ou três larvas se quiser conhecer as borboletas.
    Antoine de Saint-Exupéry

    ResponderExcluir
  28. Thanks for the interesting info on your post!happy Green Day!

    Thanks for visiting my blog:)

    ResponderExcluir
  29. As borboletas são lindas quanto mais colorida melhor , obrigada pela visita , até mais

    ResponderExcluir
  30. E eu volto, então para agradecer e deixar-lhe um longo e afetuoso abraço! Que sua semana seja ímpar! Aqui chove sem parar, mas uma chuva sem terrorismo! Graças a Deus!

    ResponderExcluir
  31. Oi Flor
    Muito obrigada pelo Carinho
    Fiquei Feliz da vida!
    Amei a sua Postagem!

    Beijos no seu Coração e
    uma Linda Semana
    Andrea

    ResponderExcluir
  32. Este seu post fez-me lembrar a história de uma garotinha que gostava de passear pelos jardins, que quando um dia vê uma borboleta espetada em um espinho, muito cuidadosamente a soltou e a borboleta começou a voar para longe. Mas…de repente a borboleta volta e diz-lhe:
    - Pela sua bondade vou conceder-te um desejo.
    A garotinha pensou por um momento e respondeu:
    - Quero ser feliz!

    Isto para demonstrar que é bom precisarmos uns dos outros e, neste caso, é bom 'soltar' conhecimentos, experiências e vivências na blogosfera.

    Gostei do post :) aliás o seu blog é um manual de conhecimento e enriquecimento intelectual.

    Boa semana ;)

    ResponderExcluir
  33. Hi Lucinha,

    Thanks so much for your visit and message. beautiful photo of the Buterfly monarch.
    interesting indeed;)
    wishing you a nice week

    ResponderExcluir
  34. Lendo o seu texto, comecei a lembrar de quando criança eu observava as diferentes fases da borboleta, sem nunca entender. Da lagarta verde e amarela, eu queria fazer um broche, mas e o medo? Minha mãe dizia que era lagarta da bananeira, por isso as tais cores. Ah, quanta lembrança. Eu chegava a destruir os casulos ou as pupas s[o pra ver o que tinha dentro.
    Por vezes, acompanhava o nascimento da borboleta. Bons tempos. Hoije em dia, nem borboletas vejo. São raras.
    Feliz de você que no seu jardim, possa oferecer plantas hospedeiras para que se desenvolvam suas borboletas e possa contemplá-las!
    beijos
    Zizi

    ResponderExcluir
  35. Ai que maravilha!!! Sairá uma belezura dessa coisinha verde aí rsrsrsr Emoção seria grande mesmo se vc conseguisse fotografar quando ela saísse...já pensou? Um ótimo post! Beijo grande
    Cantinho da Galega

    ResponderExcluir
  36. Fantástica sua dedicação a estes belos exemplares.
    Visite meu blog que fala a respeito de borboletas e borboletarios.
    Felicidades.
    borboletasbr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Que louco!!!
    Imagino sua alegria ao ver toda essa transformação e saber que contribuiu para isso.
    Abração.

    ResponderExcluir

Visualizações

Arquivo

Categorias