Jesus manifesta-se a luz da bondade - 26º Dia da Caminhada da Quaresma

Imagem

Cada dia damos um passo a mais em nossa caminhada rumo à Pascoa do Senhor. Esse momento tão esperado nesse tempo.
Temos refletido na palavra em nossas partilhas diárias e o Senhor tem derramado muitas bençãos em nossas vidas.
 Hoje, nos deparamos com o encontro de Jesus e a cura do cego de nascença. Evangelho que pode ser refletido de várias formas. Vamos ler, refletir e partilhar sobre essa tão linda e preciosa passagem do 4º Domingo da Quaresma.
~~~~~~x~~~~~~~
É preciso que façamos as obras daquele que me enviou

Jo 9,1-41

Jesus ia passando, quando viu um cego de nascença. Os seus discípulos lhe perguntaram: "Rabi, quem pecou para que ele nascesse cego, ele ou seus pais?" Jesus respondeu: "Nem ele, nem seus pais pecaram, mas é uma ocasião para que se manifestem nele as obras de Deus. É preciso que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia. Vem a noite, quando ninguém poderá trabalhar. Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo". Dito isso, cuspiu no chão, fez lama com a saliva e aplicou-a nos olhos do cego. Disse-lhe então: "Vai lavrar-te na piscina de Siloé". O cego foi, lavou-se e voltou enxergando. Então levaram aos fariseus aquele que tinha sido cego. Ora, foi num dia de sábado que Jesus tinha feito lodo, e abrira os olhos do cego. Alguns dos fariseus disseram então: "Este homem não vem de Deus, pois não observa o sábado"; outros, no entanto, diziam: "Como pode um pecador fazer tais sinais? " Os judeus não acreditaram que ele tivesse sido cego e que tivesse começado a ver, até que chamassem os pais dele. Perguntaram-lhes: "Este é o vosso filho que dizeis ter nascido cego? Como é que ele está enxergando agora? 0s seus pais responderam: ". Perguntai a ele; é maior de idade e pode falar sobre si mesmo". Seus pais disseram isso porque tinham medo dos judeus, pois estes já tinham combinado expulsar da sinagoga quem confessasse que Jesus era o Cristo... Os judeus, outra vez, chamaram o que tinha sido cego e disseram-lhe: "Dá glória a Deus. Nós sabemos que esse homem é um pecador". E1e respondeu: "Se é pecador, não sei. Só sei que eu era cego e agora vejo. Se esse homem não fosse de Deus, não conseguiria fazer nada". Eles responderam-lhe: "Tu nasceste todo no pecado e nos queres dar lição?". E o expulsaram. Jesus ficou sabendo que o tinham expulsado. Quando o encontrou, perguntou-lhe: Tu crês no Filho do homem?" Ele respondeu: "Quem é, Senhor, para que eu creia nele?". Jesus disse: "Tu o estás vendo; é aquele que está falando contigo". Ele exclamou: "Eu creio, Senhor!"! Então, Jesus disse: "Eu vim a este mundo para um julgamento, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem se, tornem cegos". Alguns fariseus que estavam com ele ouviram isso e lhe disseram: "Porventura também nós somos cegos?" Jesus respondeu-lhes: "Se fôsseis cegos não teríeis culpa; mas como dizeis: 'Nós vemos', o vosso pecado permanece".

~~~~~~~~x~~~~~~~~

Senhor, vós me destes o dom da fé, e me ajudastes, com vossa graça; por isso posso acreditar em vós. Agradeço o me terdes aberto os olhos do coração, e terdes afastado os obstáculos que me impediam de vos conhecer. Creio que sois meu Senhor e meu Deus, creio que só vós me podeis salvar, fazendo-me participante de vossa vida divina. Aumentai a minha fé, iluminai-me para que vos conheça mais intimamente, e ajudai-me a viver de acordo com essa minha fé. Perdoai todas as minhas falhas e infidelidades. Dai-me a graça de ir crescendo sempre na vossa amizade e nessa vida nova que me ensinastes e tornastes possível. Hoje vos quero pedir por todos aqueles que ainda não vos conhecem. Iluminai-os, conquistai seu coração para que afinal vos possam ver como seu Senhor e Salvador. Amém!

Amanhã seguiremos caminhando com o  amigo Joaquim.http://queeaverdade.blogspot.com.

15 comentários:

  1. Olá amiga Lucinha,
    Apesar da distância o amor de Deus tem-nos reunido nesta caminhada que nos vai conduzindo ao Senhor da Luz.
    Esta luz divina de que fala hoje o Evangelho e que o Senhor oferece àqueles que Nele crêem.
    Tão cegos andamos tantas vezes que pensamos ver mas não acreditamos, porque ainda não abrimos verdadeiramente o nosso coração a Jesus, não aderimos ao Seu projecto, não aprendemos a olhar os outros pelo olhar misericordioso de Jesus.
    Oro com a Lucinha pedindo ao Senhor da Luz que aumente a minha fé e ilumine o coração de quantos ainda não conhecem a verdadeira Luz.
    Muito obrigada pela sua reflexão.
    Um grande beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
  2. Irmãos,

    Como relatei no começo, esse evangelho pode ser refletido de muitas formas. Cada caminhante contribui naquilo que foi mais tocado.
    Hoje, na Missa, eu tive uma outra reflexão durante a homilia.
    Pois veio ao meu pensamento a palavra "coração". Então pude entender que eu preciso enxergar meus irmãos com o coração, para que eu possa, com meu testemunho, mostrá-los a Luz de Cristo.
    Outra coisa é que não posso ficar minha vida inteira pedido a cura de minha cegueira espiritual, mas sim tentar enxergar onde há trevas na minha vida, sendo assim, poderei agradar mais a Deus.
    Abraço fraterno à todos.

    ResponderExcluir
  3. A cegueira que temos e que nos impede de enxergar o bonito do interior das pessoas precisa ser rezada para ser banida de nós. Precisamos pedir muito para que Jesus nos empreste os Seus olhos para amarmos e aceitar as pessoas difíceis, tornando-nos evangelho vivo para elas. Bonita , profunda e sincera a sua oração. Boa semana! Bjbjbjbj!!!

    ResponderExcluir
  4. Salve Maria!

    De fato querida amiga, este texto é repleto de informações, mas vou me deter naquilo que me chamou a atenção:

    1°- Sabemos que todo mal é fruto do pecado, o mal é por assim falar uma deformidade, AUSÊNCIA DE UM BEM. Porém neste texto Jesus nos mostra que alguns tipos de "ausência", ou seja, de mal, não são necessariamente fruto do pecado.

    "Rabi, quem pecou para que ele nascesse cego, ele ou seus pais?" Jesus respondeu: "Nem ele, nem seus pais pecaram, mas é uma ocasião para que se manifestem nele as obras de Deus."

    Então quer dizer que Deus nos envia algum tipo de mal??? De forma alguma!!! Ele não envia, porém Ele permite. E permite porque somente Deus consegue tirar de algo ruim, um fruto infinitamente bom e melhor! E se permite é para que naquela "ausência" haja de forma mais perfeita A PRESENÇA DE DEUS! Talvez para nós seja difícil entender, mesmo porque nem tudo nos é concedido o entendimento; mas podemos refletir neste episódio do cego de nascença.

    2°- Acho muito interessante Jesus usar a sua saliva para tocar a terra e fazer a lama; aí Ele mostra que dele vem a graça e que nós somos o humus, a terra e que viemos dela; porém se Ele tocar a terra que somos nós, somos curados e de nossas "ausências" de algum bem, pode Deus manifestar sua Obra e sua Glória.

    3°- Acho incrível esta mania que Jesus tinha de desobedecer o dia de sábado; nisto Ele não quer nos ensinar a sermos desobedientes ou questionarmos as Leis (Dele e da Igreja), mas eu creio que nisto Ele já mostrava que o Dia do Senhor não seria mais o sábado, pois Cristo mesmo afirma que não veio abolir a Lei, mas aperfeiçoá-la.

    4°- E por fim esta parte que nos é bem séria e nos compromete com Deus:

    "Eu vim a este mundo PARA UM JULGAMENTO, a fim de que os que não vêem vejam, e os que vêem se, tornem cegos". Alguns fariseus que estavam com ele ouviram isso e lhe disseram: "Porventura também nós somos cegos?" Jesus respondeu-lhes: "SE FÔSSEIS CEGOS NÃO TERÍEIS CULPA; mas como dizeis: 'Nós vemos', o vosso pecado permanece".

    Chegando ao final do meu comentário eu peço a Deus que na medida que todos nós passamos a ver, passamos também a testemunhar com palavras e ações o seu Evangelho. Que Deus nos dê a graça de sempre defender a Cristo e a sua Igreja, mesmo que custe a nós o sofrimento, a crítica, a perseguição, a solidão .... MAS QUE NÃO SEJAMOS CULPADOS DAQUILO QUE VEMOS E NÃO TESTEMUNHAMOS!


    Sigamos firmes queridos amigos.

    ResponderExcluir
  5. O padre na missa hoje falou na cegueira do nosso coração, que é preciso arrancar as trevas do nosso coração pois são essas as que nos conduzem à perdição.
    Gostei muito de ouvir a homilia e pedi a Deus que me iluminasse e enchesse de luz a minha vida e o meu coração.
    O pior cego é aquele que não quer ver, por isso eu peço: Pai, dá-me luz.
    Obrigada pela linda partilha
    Beijinho

    ResponderExcluir
  6. Bom dia, Que Jesus esteja sempre a frente de seus passos, diante dessa reflexão de hoje, podemos refletir também que o pior cego é aquele que não quer ver, não quer enxergar os ensinamentos de Cristo, que possamos hoje abrir nossos olhos e ouvidos para a Palavra de Jesus e colocar em prática.
    Paz e Bem!!

    ResponderExcluir
  7. Amiga Lucinha,

    também penso assim como você escreveu acima...

    Que o Senhor ilumine nossos corações e assim possamos caminhar pelo olhar da alma. Tendo acima de tudo o autoconhecimento para que possamos retirar os entulhos que nos pesa a alma e escurece a nossa visão.E assim poderemos nos aproximar cada vez mais de Cristo pois tantas vezes nosso egoísmo, vaidade, avareza... nos impedem de nos aproximar de todo o coração,

    Cristo quer nos iluminar e nós precisamos caminhar,

    beijos


    Gisele

    ResponderExcluir
  8. Lucinha
    A Palavra do Senhor é uma riqueza porque tem esta multiplicidade de nos leva a ser tocados, no mesmo capítulo, de formas diferentes. Por isso devemos estar atentos à Sua mensagem.
    Foi o que lhe aconteceu na Missa: outra forma de enxergar.
    E assim o Senhor se manifesta nos nossos corações.

    Tal como você, peço que Jesus me ajude a reconhecer as trevas da minha vida para melhor O poder servir.

    Obrigada companheira de caminhada por nos induzir à reflexão.
    Abraço em Cristo
    Continuemos firmes e firmando a nossa fé!

    ResponderExcluir
  9. Lucinha
    Louvo a Deus pelo seu lindo Post
    E por toda a luz que nos tem dado em toda esta Caminhada.
    Peço que com a Luz do Espirito Santo possa ver também eu aonde os meus olhos ainda não chegaram
    e que a vontade de Deus se faça em mim
    Assim Seja
    Obrigada e beijinhos desta amiga de tão longe mas que a tem perto do coração.
    Utilia

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito Lucinha

    A questão, digo eu, nem é tanto pedir a luz, que nos é dada sempre, mas aceitá-la como ela nos é dada e não como nós a queremos.

    Só na luz que nos é dada vemos a Verdade.

    Obrigado.

    Um abraço amigo em Cristo

    ResponderExcluir
  11. Não basta ter olhos e ver...
    Certamente, na nossa vida já tivemos situações em que olhamos, fizemos juízos, criticamos, tomamos partido...
    Mas não vimos com o coração, com olhos de fé.

    Somos tantas vezes como os homens do tempo de Jesus,
    tendo olhos não viam.
    Eram "cegos" e queriam ver.
    Viam mas tinham medo de falar.

    Dá-nos, Senhor, olhos para ver-mos que só Tu és a Luz do mundo, só Tu nos podes tirar das trevas.

    Boa semana.
    Vemos e

    ResponderExcluir
  12. uma reflexão muito interessante , que nos deixa muito que pensar , especialmente quando na nossa ignorançia pensamos que se temos algum problema é porque fizemos algo de mal , jesus aqui nos mostra que não tem nada a ver ,, que em alguns casos isso só acontece para o bem triunfar na nossa vida .

    beijinho , lucinha ..

    ResponderExcluir
  13. definitivamente, PRA MIM, vida a dois nao da certo rsrsrs gosto da minha vida do jeito que ela é ATUALMENTE e, assim, nao cabe outra pessoa, mas........SOU MUUUITO FELIZ...amém!!!boa semana!!!! bjo, obrigada pelo seu blog, maravilhoso!
    O meu oratório ficou pronto:
    http://anacristinap.blogspot.com/2011/04/domingo-em-cravinhos.html

    ResponderExcluir
  14. Até enxergamos, mas não queremos ver!!Muitas das vezes temos que olhar com o coração, com a alma e com sentimento..E Deus sempre está junto para nos orientar a ver com seus olhos..Lindo post..Beijo no coração!

    ResponderExcluir
  15. Lucinha!
    Interessante reflexão a sua.
    Jesus a luz do mundo!Nós sabemos e reconhecemos que Ele é a luz do mundo,mas aqueles que não a reconhecem ou não vêem,como é?!Uma das maneiras de darmos testemunho da Luz é viver em sincero amor fraterno,para eles poderem dizer como S.Paulo << vede como eles se amam>>.Quem não acreditar na Luz há-de forçosamente perguntar-se :<< De onde vem este sentimento de partilha,de onde vem este querer bem a todos,enfim de onde vem este Amor?!
    Gostei !!!
    Paz e bem!!!

    ResponderExcluir

Visualizações

Arquivo

Categorias