Adolescência - Blogagem Coletiva -Fases da Vida



Depois de uma linda infância, que devo aos meus queridos pais e irmão, chegou a hora de falar da adolescência.
Apesar de não ter acontecido nada grave nesse tempo, apenas erros de percurso, eu avalio como a pior fase de minha vida. Digo isso porque muitas coisas que acontecerem nela, refletiu demais na minha fase adulta. Aliás, eu acho que refletem até os dias de hoje.
Não me lembro muito bem das coisas que acontecerem entre meus 12 a 14 anos.
 Nesse período uma coisa que marcou muito, foi quando meu pai vendeu a nossa casa, onde eu tinha meu próprio quarto e fomos morar numa casa onde eu tinha que dormir na sala. Eu sentia muita falta do meu quarto, que era simples, mas era só meu. Até hoje eu não gosto de dormir na sala, acho que carreguei alguma coisa desse tempo.
Eu fui uma adolescente muito boba, essa é a palavra que cabe muito bem na história.
Ao começar a descobrir as mudanças em mim, quando percebi que não era mais uma criança, achei que era alto-suficiente demais e que não precisava mais de os conselhos de meus pais.
Minha mãe nunca me contou nada sobre as mudanças que iriam acontecer comigo, não por maldade, mas pelo tabu daquela época. Fui aprendendo com as amigas e primas.
Comecei a namorar antes de completar 15 anos, engraçado que sempre o primeiro namorado é o primeiro amor, mas isso não aconteceu. Eu gostava muito do rapaz, que demonstrava gostar muito de mim, mas eu sabia que não era amor. Namoramos quase 01 ano.
Meu primeiro amor, foi o segundo namorado. Risos. Esse amor foi pra valer, mas pela minha infantilidade, minha tolice, eu não soube gerenciar um namoro à distância, pois morávamos em cidades diferente, mais de 800 Km nos separava. Naquela época não tinha internet, e o namoro era pelo telefone, carta e nas férias.
Mas não é disso que vou falar. Aliás, nem quero falar sobre isso, não sei por que comecei a escrever.
O fato é que com minha tolice de adolescente, eu deixei passar muitas coisas boas na minha vida. 
Eu me sentia uma menina feia. Achava que todas as outras moças eram lindas.
 Eu não tive as roupas e sapatos que gostaria de ter, não tinha o corpo que eu gostaria de ter, enfim, eu vivia em conflito silencioso comigo mesma.
Fui muito sonhadora, acho que ainda sou. Fantasie muitas coisas na minha cabeça, e elas não aconteceram.
Apesar de ter sido uma adolescente tola e cafona, eu sempre fui muito simpática. Não fui uma "aborrecente".
Estava sempre com esse sorriso da foto. A pele já não é tão lisinha e firme atualmente, mas esse sorriso eu carrego até hoje.
Eu com 15 anos.


Os meus sinceros agradecimentos as amigas Roselia, Gina e Rute, que organizaram essa blogagem coletiva tão linda, que me fez conhecer pessoas e histórias maravilhosas.

32 comentários:

  1. Que linda foto e que bom esse sorriso sempre em ti e acrdito, a beleza também.

    Legal ver que a adolescência é uma fase pra todos cheia de "problemas" que criamos...

    Gostei de tua participação e gosto de tudo aqui,pois gsto desse carinho nesse canto...

    Um beijo, lindo domingo e tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Lucinha, adolescente é sempre complicado. Por que será?
    kkkkkkk
    Gostei do teu post, tua tranparência.
    Sempre, então, um lindo sorriso.
    Bom domingo.
    Xeros

    ResponderExcluir
  3. com certeza Lucinha: É o mesmo sorriso que vejo nas suas fotos quando fico fuçando no seu blog rsrsrsr bjo (p.s.: adolescente é tudo igual!rs)

    ResponderExcluir
  4. Que legal ver seu rosto nítido, grande pela primeira vez. Você é linda e seu sorriso é lindo. Eu tive problemas maiores de obesidade, tinha muita vergonha e era muito tímida, qdo criança até gaga eu era, imagine o drama. A minha foto tirada na roda d'água eu estava magrinha, pois fizera um regime severo. Foi a vez que eu mais gostei de mim. Agora acompanho a adolescência de minha neta. Como eu queria poder tirar tudo o que nela aborrece! Mas ela tem que sber superar, pois o encontro com esses problemas na adolescência geram firmeza na vida na vida adulta. Olhe só vc, não sei pq vc está aí e logo aí, mas vc teve coragem de se superar e de se encontrar nesse enfrentamento de mudanças radicais, creio eu. Admiro muito essa sua coragem de desbravamento interior. Boa semana, amiga! Bjbj!

    ResponderExcluir
  5. lucinha, deu um tilti aqui.....será que meu comentario anterior chegou ai?

    ResponderExcluir
  6. Amiga Lucinha,

    Lindo o seu "post", lindo o seu sorriso!
    Também fui arrancada sem "aviso pévio" rs rs, aos treze anos, da aldeia para a cidade.
    A primeira pior fase da minha vida.
    Separaram-me dos meus avós, dos meus amigos de infância. Período triste da minha vida.
    Seguiram-se outros mais bonitos.
    Grata por partilhar um pouco de si e por manter esse seu alegre e tranquilo sorriso de menina, ainda hoje.
    Um beijinho,
    Ailime

    ResponderExcluir
  7. ola Lucinha,tudo bem contigo ,acho que todas nós tivemos essa fase meio complicada,davamos importacia a pequenas coisas que hoje parecem só bobagem de adolecentes.beijos bom fim de semana.

    ResponderExcluir
  8. Lucinha me identifiquei com vários desses momentos relatados por você, é engraçado mas olhando pro passado a gente se ver mais decidida e forte no presente, será assim daqui a 10 anos também, eu penso. Mas é isso mesmo, vivendo e sempre aprendendo.

    Bjos e bom domingo.

    ResponderExcluir
  9. Mas veja só é bem isso, hoje eu olho as minhas fotos e penso, mas eu era bem bonita e não achava.
    Erámos bem assim na adolescência, era tudo igual e pensávamos que erámos as únicas. kkkk. Viu mas a essência permanece, seu sorriso! Com certeza, apesar do tempo, hoje é ainda mais bonito. Um abração.

    ResponderExcluir
  10. Sorriso lindo o seu. Mas todo adolescente é assim mesmo...tola e infantil. Adorei essa blogagem. Nos faz lembrar do nosso tempo de aborrecente!kkkkk
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida Lucinha
    "Na ternura de um amanhecer,
    Eu observei a beleza do orvalho".
    (Sandra)

    Que ternura de relato!!!
    Perdeu a sua individualidade... talvez seja pior do que não tê-la tido (como eu)...
    A arte de sorrir quando o mundo diz não eu reaprendi na juventude mesmo... coisa da outra fase...
    Lindo o seu sorriso... revela alma nobre...

    "...é o molhar do orvalho quem vê meus passos...
    é minha vida me chamando pra viver"
    ( Fractais de Calu)

    Tenha um excelente Domingo de paz e alegria.
    Bj com gosto de adolescência (o lado bom dela).

    ResponderExcluir
  12. Lucinha,eu me identifiquei com vc quando disse que não era nada do que gostaria de ser,pois tb me achava feia,mas tudo isso vai sendo superado pelo tempo e,no final,sua adolescencia foi bonita!Gostei de te conhecer melhor!Linda participação!bJS,

    ResponderExcluir
  13. Lucinha,
    Você se revelou de peito aberto nesse post.
    Como essa é uma fase de inseguranças, a gente tende a se achar pior do que é, que coisa, não? Mas só percebemos isso mais tarde.
    Não estou vendo feiura alguma, mas o adolescente vê, principalmente se tiver o rosto cheio de espinhas, bem típicas dessa fase.
    Gostei disso: "Meu primeiro amor foi o segundo namorado... nem quero falar sobre isso..." rs!
    Essa coletiva está fazendo as pessoas, consciente ou inconscientemente, buscarem momentos guardados e nos deliciarem com tudo isso. Muito bacana!
    Bjs.

    ResponderExcluir
  14. A adolescência é sempre aquela fase problemática e também eu defendo que se reflecte muito na idade adulta.No fundo é uma fase cheia de sonhos que queremos realizar.
    Que continuem a passar as estações e continue sempre com esse lindo sorriso e com muitos motivos para sorrir.

    Bjs/Paula

    P.S. Gostei muito da foto.

    Uma sugestão: Faça mais post´s com fotos antigas, eu adoro ver fotos antigas.

    ResponderExcluir
  15. Alto aí Lucinha! De feia e cafona vc não tinha nada.
    Olha lá que sorriso mais lindo e expressivo! Até seus olhos sorriam :)
    Mas eu sei como é... também sempre achei que não era tão bonita quanto gostaria de ser. Sempre achava que alguma menina da escola era mais bonita que eu... Tolice mesmo!!
    Cada um é como é.
    Gostei muito de seu texto.
    Mil beijinhos e continuação de boas costuras, ah ah ah.
    Rute

    ResponderExcluir
  16. Oi amiga
    Vim te desejar uma semana bem feliz!
    e conheci mais um pouquinho de voce, que bom!
    Voce é muito bonita , e tem um sorriso encantador...sei que esta foto não é de agora, mas tenho certeza que estes traços e o sorriso é o mesmo.
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

    ResponderExcluir
  17. Problema todas tivemos,umas mais outras menos!!Problema mesmo era administrar os ditos cujos...rsrsr Uma clara narrativa e crua!!!Bjs no coração!!!

    Minha participação está no blog Rumos Libertadores: http://rumoslibertadores.blogspot.com
    Comente e concorra a um livro pela loteria federal ,até o dia 28/05

    ResponderExcluir
  18. Tambem participo da blogagem coletiva:
    http://mariazinhap.blogspot.com/2011/05/blogagem-coletiva-fases-da-vida.html
    Parabens pela sua postagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi Lucinha..Eu tb não me achava bonita. E não era mesmo...mas ainda bem que dei a volta por cima..rs e fiquei uma moça até que ajeitadinha.
    Adorei o seu depoimento. Um beijo.LINDA!!

    Ma Ferreira

    ResponderExcluir
  20. Comparando com as dos dias de hoje, percebemos a decadência que está a adolescência, apesar de todos os problemas.
    Sua foto está ótima, seu sorriso, lindo!!!
    Um grande abraço...Boa semana!

    ResponderExcluir
  21. Com esse sorriso lindo, onde está a cafona e a feia...divertida mais a mais.
    Acredito que o primeiro namorado muitas vezes não é o primeiro amor.
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  22. Você era como eu era, simpática e sorridente mas com seus dramas interiores e muitos complexos.
    Mas você era muito bonita, eu era apenas simpática e sorridente (rsrs).
    Beijinho

    ResponderExcluir
  23. Voltei...esqueci de falar que ganhei uma visita de uma Lucinha e também de N.Zelândia.Legal,né? E daí te vi lá também...Estamos nos encontrando sempre,srsr beijos,chica

    ResponderExcluir
  24. Lucinha,
    Que delicia de post....
    Acho que na verdade todas fomos muito parecidas...
    Eu me sentia excluida, por ser timida, por não ter as roupas da moda, por ser baixinha(nunca entrava para a turma de volei da escola)....
    Algumas coisas eu superei, outras ficam marcadas como você.
    Mas essa fase é a que mais lembramos de cada detalhe, ocasião, por isso é normal trazermos para a nossa fase adulta.
    Acho que o que trouxe de lá, foi o lado chorona..kkkkk, eu choro por tudo.
    adorei conhecer o seu cantinho, linda foto!
    beijos e uma ótima semana

    ResponderExcluir
  25. Oi, Lucinha:

    Muita coisa mudaríamos se pudessemos voltar no tempo com nossa cabeça de hoje, não é mesmo ?

    Eu também sempre me achei feia, sem graça, não tendo os vestidos da moda como outras meninas. Mas também tinha a lucidez de ver que tinha uma vida boa, uma família carinhosa e estruturada e por isso não me sentia infeliz ou revoltada.

    Que lindo o seu sorriso de adolescente !

    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Acho q todos os adolescentes tem um pouco de tolos. Tb me sentia assim. E todas as experiências dessa fase marcam muito nossas vidas. Tb carrego coisas daquela época q ficaram mal resolvidas, mas com o tempo, elas vão ficando pequenas e diminuem de importância. Muita paz!

    ResponderExcluir
  27. Tenho por mim que esse lance de primeiro namorado ser inesquecível, foi criação dos homens. Uma maneira de prender a menina, desta ficar com medo de largar e não conseguir esquecer! Só pode! (rs*) Pra falar a verdade, tenho uma péssima memória e nem lembro qual foi o meu primeiro namorado. Sério!
    Não pense também que foi tola. Todos os adolescentes são tolos e pensam saber tudo de tudo. Mas daí, valem as cabeçadas!!
    Boa semana! Beijus,

    ResponderExcluir
  28. Oi Lucinha, quantas coisas guardamos, mas, fazer o que, elas fazem parte de nossas vidas. Ainda bem que você guarda o mesmo sorriso em seu rosto até hoje, que bom! Vejo a sua superação, na coragem de ter deixado uma vida inteira para traz e começado uma vida nova em um país distante, você é uma gerreira. Parabéns, fique com Deus.

    ResponderExcluir
  29. Minha doce Lucinha que bom saber masi um pouquinho de vocÊ.

    A adolescência em nossa vida sempre é umafase que estamos em constantes buscar e descobertas e claro que com mudanças em nossa forma de vida vem a complicar masi ainda.

    Também passei por isso só que na próxima fase ... na juventude e foi muito complicado.

    Beijos no seu coração

    ResponderExcluir
  30. Olá Lucinha
    acho que essa de se achar feia era "encucação" sua, não? Talvez resultado da insegurança que tb é uma das características da adolescência. Queremos ser mais e melhor, para sermos aceites... foi bom ler o seu texto tão sincero. Eu ainda ontem estava pensando que acho que vou fazer em breve outra postagem com o "outro lado" da minha adolescência, pq se por um lado a ideia que me ficou foi positiva, pensando bem, tb teve alguns aspectos "negros"... :)
    bjs

    ResponderExcluir
  31. Oiee!!
    Adolescente que não sonha e nem fantasia então não viveu a dolescência em sua essência, pois adolescência é isto mesmo!
    E é justamente por algumacoisas ñ se realizarem que vc vai aprendendo e amadurecendo sua visão diante do que te espera na fase adulta, pois é faz parte do processo.
    Vc tem um sorriso encantador.
    Lindo dia pra ti.
    bjss

    ResponderExcluir
  32. Lucinha, Adorei suas historias de adolescente, que lindo!!!!
    É um prazer recebe-la no meu cantinho, volte sempre que quiser e conte sempre comigo.
    De cara te adorei.
    Bjim, fica com Deus.

    ResponderExcluir

Visualizações

Arquivo

Categorias