Caminhada ao Lago Wainamu - Primeira parte

Depois de caminhar alguns minutos...
ouvi o som suave de cavalgadas na água
Cada curva uma surpresa

Sugiro clicar nas imagens para melhor visualização.

Ontem, apesar de o tempo ter amanhecido nublado e chuviscando, eu arrisquei e saí para uma caminhada. Dessa vez, foi um tipo de trilha diferente. Eu já havia passado nesse percurso, quando fiz uma caminhada com duas amigas, que durou sete horas, e terminou justamente onde eu fui ontem. Como eu amei tudo naquela caminhada, e foi inesquecível a chegada, eu planejei voltar pra curtir melhor o lugar.

Nesse trajeto de ontem, até chegar o destino que eu queria que é o Lago, são só trinta minutos, isso se seguirmos a linha reta da trilha. Como eu não tinha pressa, aproveite pra conhecer às várias paisagens à minha volta. Isso durou duas horas.

Depois de caminhar entre as plantações de pinheiros,  eu comecei a subir as dunas de areia. Até esse momento, era eu,  Deus, aquela natureza toda, e o céu acima de mim. Parecia que nada mais existia no mundo, somente nós. Até que ouvi de longe o barulho suave de cavalgadas na água.
Fiquei observando até eles aparecerem na curva. Parece que ela não me viu, pois da forma que estava pensativa, ela continuou. Fiquei olhando aquela cena, como se fosse um filme, até eles desaparecem nas dunas.
Fiquei refletindo aquela imagem por alguns minutos. Eu, ali sozinha, uma moça pensativa e um cavalo. 

Depois que eles sumiram, eu continuei meu caminho. Resolvi caminhar pelo riacho, no mesmo lugar que eles haviam passado. Eu queria ver a mesma paisagem que eles.
Á água estava um pouco gelada, mas logo que acostumei.
Agora, eu tinha a companhia dos animais pastando nas fazendas, e era lindo de ver. Como vocês podem ver nas imagens, o céu nublado de um lado, e azul do outro. Isso aconteceu o tempo todo, mas não choveu.
A cada curva uma imagem surpreendente.

Todas as caminhadas que faço, são sempre muito cheias de emoção, não saberia dizer qual delas foi a mais linda e tocante. Mas ontem, enquanto eu caminhava, eu sentia que não estava sozinha. Claro que Deus está comigo em todos os momentos, mas em algum deles à sua presença é muito mais forte. Foi assim que aconteceu ontem.

Não sei qual é a intimidade de vocês com Deus. A minha é profunda. Deus é meu amigo. Isso mesmo, eu chamo Deus de amigo. 
Na presença dele eu caminhei o tempo todo, mas quando cheguei ao lago, que era à minha meta, senti uma emoção muito forte no meu peito. Era eu e Deus, mais ninguém. Não tem como eu passar pelo computador a experiência que vivi, só posso dizer pra vocês que foi muito forte e lindo.

Essa caminhada terminou no Lake (lago) Wainamu, que fica do outro lado das dunas. Como são muitas fotos, amanhã eu continuo mostrando.

Tenham um bom Domingo, e primeiro dia de Horário de Verão!

14 comentários:

  1. Noooooossa!!!Simplesmente um encanto de passeio..Lindas fotos e tu és uma guriazinha, toda nos trinkes,rsrs...

    E que belo e tranquilo passeio , calmo, caaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaalmo e reenergizador!!!Adorei e claro, não estavas so!

    Tens o amigão contigo que está em tudo ... beijos,linda semana,chica

    ResponderExcluir
  2. que lugar lindo! eu gostaria de caminhar um terço do que voce caminha! a é, eu ja tinha esquecido do horario rs

    ResponderExcluir
  3. Lucinha, o que mais me encanta é que tenho sentido você ultimamente divulgando Deus, nosso criador, com grande convicção e amor intenso. Se eu tinha medo de você andando por essa vastidão sozinha e sem medo, porque aqui tudo é perigo, agora fico mais tranquila, pois sei que nesses momentos sua entrega é real. Feliz e grande graça é a sua, de estar assim na natureza de NZ, belíssima, só e poder derramar-se nos braços dele, sem estar rodeada de problemas, obrigações e tantas distrações. Depois que ganhei aquele livro de NZ, apaixonei-me por essas paragens! Nem vou ficar dizendo que tudo é bonito, você já sabe! Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Lucinha, que maravilha Deus opera em nosso íntimo, quando nos entregamos com toda a fé! Olhamos tudo a nossa volta com os sentidos mais aguçados!
    É impressionante, só quem sente é que sabe... já aconteceu comigo, fico completamente extasiada e perplexa ao mesmo tempo, aí me dou conta que isso só acontece quando estou totalmente entregue ao nosso Deus único e verdadeiro que fez nosso mundo com tudo de mais belo e puro, basta sentir!!!
    Que Deus te abençoe e te guarde hoje e sempre!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Que belo post. Já me senti assim na companhia de Deus. Geralmente quando fico sozinha no meu quintal... Fiquei emocionada com seu relato. Abraço

    ResponderExcluir
  6. Lucinha, como eu te entendo. São, realmente experiências únicas, im- possíveis de verbalizar.
    A minha vontade de visitar NZ cresce a cada postagem sua.
    Um beijo da Nina

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida! Adorei o seu cantinho... muito lindo. Parabéns! Já to seguindo!
    Aproveito p te convidar a conhecer o meu blog de variedades e participar do meu 1º sorteio. Passa lá pra dar uma força, ta bom? Agradeço muito! O espaço p divulgação dos blogs das amigas está aberto, caso queira, é so me avisar!
    Bjinhos!!

    http://voudeblog.blogspot.com/2011/10/1-sorteio-vou-de-blog.html

    ResponderExcluir
  8. Oie Lucinha, que caminhada deliciosa. Uma maravilha caminhar com uma vista tao privilegiada.

    bjiimm e ótima semana

    http://meuamorpaquistanes.blogspot.com/

    http://muslimahfashionn.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga querida,cada vez que te vejo caminhando,livre,leve e solta,me vem a vontade de fazer o mesmo...mas,por aqui,é complicado.
    Lindas as tuas fotos,lindo teu encontro com o nosso Amigão,o Criador de todas as maravilhas que você,com sua câmera,nos mostra.
    Bjssssss e até amanhã,
    Leninha

    ResponderExcluir
  10. Gostei muito! Acho que meu blog voltou ao normal, mas se ainda não consegue acessar, me mande um email me avisando, ok!
    Alequejo@hotmail.com
    Kisses

    ResponderExcluir
  11. Lucinha, amada de Deus, tenha uma semana abençoada cheia da graça de Deus.
    Márcia

    ResponderExcluir
  12. Nossa Lucinha, que lugar fantástico! Imagino o contraste desse verde todo com a areia das dunas! Lindo demais! Obrigada por partilhar conosco fotos de lugares tão perfeitos! Com certeza nos faz pensar em como a grandeza de Deus é infinita! bjo e ótima semana pra vc!

    ResponderExcluir
  13. Oi Lucinha, que lugar lindo. Não tive tempo de ler seu texto, pois só vi as fotos. Amanhã volto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Cada caminhada e´cheia de "emoção"! Não é para menos...com paisagens paradisíacas como essas...parabéns pelas magníficas fotos.
    BShell

    ResponderExcluir

Visualizações

Arquivo

Categorias