Aprendendo a fazer terrários + Arranjo na banheirinha

Vidro, de preferência com boca larga, pedrinhas, conchinhas etc...
carvão ativado.....
terra preparada, e muito carinho e paciência pra executar a tarefa.
Uma taça descartada, abriga um pequeno cacto e algumas mudas bem pequenas de suculentas.
Banheirinha que virou arranjo.


Minha vida é marcada por muitos recomeços. Como gosto de desafios, recomeçar me faz bem. E foi no meio de uma revolução de sentimentos e mudanças de planos, que eu senti vontade de aprender a fazer algo diferente. Uma experiência nova. Foi onde surgiu a ideia de fazer terrários.

Muitas dúvidas surgiram. Como acreditar que suculentas e cactos possam sobreviver dentro de vidros? Confesso que fiquei com um pouco de receio, e levei dias pesquisando na Internet e nas lojas de jardinagem até resolver a começar a colocar em prática. 

Doei uma grande parte de minha coleção de suculentas e cactos. Separei apenas algumas mudas para preservar as espécies, e as coloquei num arranjo, que depois eu mostro pra vocês, e as demais estou utilizando para formar os terrários.

Conclusão: dá vontade de não parar de fazer. Um trabalho de paciência transformado em terapia. O Inverno chegou cedo, com muita chuva, ventanias e frio; dei uma pausa. Tenho um projeto maior , que pretendo executar na Primavera.

Os três primeiros foram feitos com porta velas de vidro, objetos muito usados na decoração por aqui. O último, uma taça descartada. Mais uma ideia para o aproveitamento de vidros. Em minha opinião, é melhor fazer com vidros grandes e de bocas largas. Gostei do resultado, mas eu penso que posso fazer um trabalho melhor nas próximas vezes.

A minha experiência com terrários está dando certo até agora. Elas estão gostando da nova casinha. Estou observando todos os dias às reações delas, e daqui a algum tempo, conto pra vocês como elas estão se comportando.

Existem várias formas de preparar um terrário. Fiz conforme orientação da vendedora que me atendeu na loja de jardinagem.
  • Uma camada de pedrinhas. Para ajudar na drenagem.
  • Uma camada de carvão ativado. Para a filtragem de ar do terrário.
  • Terra própria para suculentas e cactos. 
  • Outra camada de pedrinhas para o acabamento, como desejar.
  • As regas devem ser feitas em pouca quantidade, e mensal.
  • Necessário um local iluminado, mas não expor diretamente ao sol.
  • Observar o desenvolvimento delas, e apreciar. Rs
Achei esse vídeo muito legal  e resolvi compartilhar com vocês.


A banheirinha, eu fiz há alguns meses.O plantio foi normal, com furos no fundo e a drenagem necessária.

Esse post não é um tutorial. Apenas demonstrando como fiz, por orientação e pesquisas.
Sugiro que seja feita uma pesquisa apurada, como clima local, plantas adequadas e etc., para obter um resultado satisfatório.

20 comentários:

  1. Lucinha, que bom te ver e trazendo essas novidades lindas! Realmente deve ser um trabalho minucioso e relaxante! Uma bela terapia e distração!

    Gostei de ver os que trouxeste e tenho certeza todos darão certo! Deixo beijos praianos, tuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Lucinha ,vindo do Novo Pentecostes, linda postagem, na humildade revelamos toda grandeza do Deus que se reflete em cada um de nós,você o fez ! A coragem de recomeçar é fundamental, ainda mais quando se requer paciência para esperar, sente-se sua alegria e serenidade nesta terapia, com certeza propiciará o relax que você busca, que se estenderá nas circunstâncias impostas pela vida. Boa semana , Lucinha.

    ResponderExcluir
  3. Puxa, Lucinha, que lindo trabalho e terapia saudável...
    Fico alegre em vê-la por aqui... O jardim da blogosfera fica mais "florido e viçoso"... Rsss...
    Um abração... Lindo fim de semana...

    ResponderExcluir
  4. É sempre bom aprender algo novo.
    Os seus terrários estão lindos!
    Parabéns.
    Bjs!

    http://simplesmentedecor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Que lindo! Que lindo! Que lindo!
    Adoro terrários.
    Atualmente estou cuidando das minhas orquídeas que estavam "meio largadas" .....
    Gosto demais de suculentas e pretendo fazer, pelo menos, um terrário.
    Valeu a lindeza que você nos proporcionou neste sábado.
    Beijos querida amiga.
    Obs: O blog turquezza variedade eu EXCLUÍ ( e alguém de outro país pegou o nome).
    Por favor, troque na sua relação de blogs, agora os meus são:
    jo turquezza mundial e jo turquezza pinturas

    ResponderExcluir
  6. Olá Lucinha, que espectáculo esse seu trabalho!
    Eu não sei se era capaz de doar grande parte de alguma coleção minha, como você fez com os seus cactos e suculentas, pois custa-me desprender das minhas coisas, mas no caso até compreendo, é como uma repetição na continuidade entre o terminar de um trabalho e o princípio de outro.
    Parabéns, beijinhos e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  7. Ôba! Que bom ver você por aqui! Fico feliz mesmo! E que atividade deliciosa acabou nos mostrando! Menina dos dedos verdes! O vídeo tem uma musiquinha show e os gatinhos fizeram como os meus fazem quando estou mexendo com terra. Acredita que eu estava trocando um vaso quebrado e o Branquinho ao meu lado cheirando tudo. Quando tirei a terra e a coloquei na grama, ele literalmente deitou e rolou na terra preta! Ficaram perfeitos e lindos. A Chica está lindinha e feliz no meio delas! Parabéns, amiga! Foi muito reconfortante ver você assim! Um grande abraço e uma linda e abençoada
    semana!

    ResponderExcluir
  8. Lucinha
    Seja o que for a que dediques vale sempre a pena tomar conhecimento. Quanto mais não seja para se sentir um pouco da distante NZ. Sempre em frente amiga,
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá Lucinha!
    Amei a dica,um dia quero fazer.beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida Lucinha
    Tenho dois mas viajei por dois meses e estão precisando de um bom trato... vou fazer isso em breve...
    Gostei de ver os seus...
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir
  11. A amizade nos faz ver o mundo com olhos novos.
    Feliz dia do amigo!!!!!
    Beijos Marie.

    ResponderExcluir
  12. Boa noite Lucinha!
    Que linda postagem! Amei por demais...
    Uma linda semana coberta de paz e amor!
    abraço amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  13. Oi Lucinha!
    Seus terrários ficaram lindos, e concordo com você, é tão bom fazer, que a gente não quer parar, rsrs.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. É um trabalho de muita paciência mesmo amiga, mas vale a pena pois fica um encanto!
    Muito bom te ver por aqui Lucinha...suma não viu?
    Tenha uma feliz semana amiga!
    bjus!

    ResponderExcluir
  15. Os seus terrários ficaram lindos!!1 Já fiz alguns. É uma terapia sensacional!!!
    Abraços
    Nely

    ResponderExcluir
  16. Pelo vídeo parece até fácil, mas deve ser bem trabalhoso Lucinha.
    Nunca tinha visto, vou agora pesquisar no vovô Google.
    Gostei.
    Bela generosidade e os seus ficaram lindos.
    Um abração com carinho.

    ResponderExcluir
  17. Acho que já disse que não gosto de suculentas, Lucinha.
    Elas me assustam, como orquídeas, me assustam.

    ResponderExcluir
  18. estou querendo montar um terrário pra mim, mas um com musgos, gosto muito!

    ResponderExcluir
  19. Estou passando aqui para copiar como se monta um terrário. Pretendo dar um para Vanessa por na mesa dela e é a suculenta da 3ª imagem que ela gosta. Verei como posso fazer ou talvez encontre um já pronto. Já fiz um comentário, mas fugiu. Beijos! Obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir

Visualizações

Arquivo

Categorias